Ah! As pimentas me surpreendem a cada dia!

Quando começamos a plantar Ajis que ganhamos de nossa querida amiga Betsy nunca imaginamos que teria o desdobramento que teve. Primeiro deu certo, conseguimos colher. Depois encontrei um cliente profissional, de mercado que tem uma postura de parceiro de verdade. Isto fez com que transformassemos uma quase brincadeira em possível negócio. A equipe que está lá em Piedade correspondeu plenamente.

Agora vamos a uma nova fase onde pretendemos construir uma estufa para os Ajis amarillo e secar os Ajis Panca.

9 ideias sobre “Ah! As pimentas me surpreendem a cada dia!

  1. Ola Ubaldo,
    Moro em Portugal e cultivo variedades de pimentas por prazer e hobby, na verdade é mais uma paixão.
    Vi sua reportagem que passou na tv e fiquei estasiado. Era um sonho ter um pedaço de terra onde cultivar em larga escala minha queridinhas.
    Vamos ao que interessa, estou escrevendo porque fiquei facinado com o tamanho das rocoto que vc tem ai. eu tenho delas mas pequeninas. Onde consigo sementes dessas?
    Não encontrei nos sites que vendem sementes aqui na Europa.
    Poderia me ajudar?
    Participo de um forum sobre pimentas, chamado pimentas.org. Conhece?
    Grande abraço e parabéns pelo seu sucesso.

  2. Ola Ubaldo,

    Primeiramente parabpens pelo seus blog e princicpalmente pelo seu cultivo de pimentas peruanas.

    Eu vi uma matéria feita com vocês no you tube e fiquei impressionado. Muito bonito mesmo. Havia também um email (ubaldo@angelini.blog.br), para o qual te enviei uma mensagem. Envio esta por aqui também, caso nao recebas o email por alguma razão.

    Comecei há pouco o hobby de plantar pimentas, e numa viagem a Peru no ano passado me apaixonei pelos ajis e especialmente o rocoto. Estou agora a procura de sementes ou mudas, assim como frutos frescos se possível. Alguma possibilidade de tu me ajudares com isso? Poderias me fornecer?

    Estou plantando uma pimenta indiana cujas sementes meu irmão trouxe pessoalmente do norte da índia. São de picância média e aromáticas. Produziram em 5 meses. Se tiveres interesse podemos fazer uma troca ou algo parecido.

    Um abraço,

    Daniel

  3. Ola Ubaldo, Parabens pela iniciativa de trabalhar com produtos peruanos, hj assisti uma matéria na globo rural e conheci teu trabalho, fiquei muito interessado em conhecer teus produtos, pois tenho um grande projeto de culinária peruana em florianopolis, aguardo teu contato para maiores informações, obrigado – Hugo

    • Hugo, obrigado pelo contato e desculpe não ter respondido antes. Fiquei um bom tempo sem cuidar do blog.
      Vou te responder por e-mail para poder detalhar melhor as informações.

  4. Ubaldo adorei ter encontrado alguém que cultiva estas pimentas ,quando for no brasil queria muito que vc me enviase ,aqui no japão compramos aji amarilo e rocoto congelados ou inlatados ,adoro !!!parabéns.

  5. Olá Ubaldo, adorei o video, justo estava buscando como sembrar o aji amarillo, já que morei no Perú por 7 anos e adoro a culinária. Sempre faco aqui em Brasilia usando como substituto a pimenta dedo de moca amarela, mas claro o gosto tá longe de ser igual.Felizmente ganhei uns ajís bem grandes vindos do Perú, agora gostaria de saber como plantar. voce poderia me dar umas dicas? é para uso pessoal mesmo. Nem sei por quanto tempo fico por estas bandas, mas seria legal ter um pezinho de aji em casa. rsrsrsr e se vc vende semente de rocoto eu gostaria de adquirir. Parabens, espero anciosa sua resposta.

  6. Ola Ubaldo,
    Eu moro no interior do São Paulo.
    Vi sua reportagem que passou pelo Youtube. Era um sonho achar alguém que cultive pimentas do Peru aqui em Brasil.
    Vamos ao que interessa, estou escrevendo porque estou interessada em comprar suas pimentas (rocoto, aji marillo, aji panca)
    Onde posso comprar ?
    Poderia me ajudar?
    Espero sua resposta.
    Parabéns pelo seu sucesso.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>