Protestos? Muita incoerência!!!

Ouvi no rádio que o custo total do sistema de ônibus é de R$ 6.500.000.000,00 por ano. Seis bilhões e meio! E que para pagar este custo sem subsídio a tarifa seria maior do que R$ 4,00.

Portanto: R$ 6.500.000.000,00 / R$ 4,00 = 1.625.000.000 de viagens / ano, ou 135.417.000 viagens / mês ou 4.513.889 viagens / dia.

Considerando 2 viagens por dia para cada pessoa o sistema atende aproximadamente 2.956.945 pessoas por dia. Isto equivale a 20,73% da população da cidade que foi medida pelo IBGE em 10.886.518 habitantes. Se contarmos a população da grande São Paulo a porcentagem cai ainda mais.

As perguntas são: Porque temos que deixar mais do que 20% dos principais eixos de circulação para estes 20% e porque tanto barulho para atender 1/5 da população da cidade?

Um pão gostoso com o novo levain

Enquanto não faço o novo levain com farinha comum vou usando o de farinha integral. Mudei um pouco a forma de fazer e deu certo.

1a. fase: (12:30hs) Juntei 110 grs. de fermento + 140 grs. de água + 180 grs. de farinha integral. Amassei por 2 minutos e deixei para crescer. Depois de 2 horas (14:30hs.) reamassei porque não havia crecido nada. 4,5 horas depois de reamassar havia crescido e passei a 2a. fase:

2a. fase: (19:00hs.) Acrescentei 180 grs. de água, 150 grs. de farinha integral e 90 grs. de farinha comum + 12 grs. de sal. Como pode se ver a quantidade de material agregado em relação a massa original é bem menor do que a 1a. fase. (21:00hs.) 2 horas depois havia crescido bem e então reamassei e enformei. A massa não estava muito firme por conta da quantidade de água. Dividi 600 grs. numa forma e os 275 grs. restantes formatei em um mini filão e coloquei numa assadeira pequena e aberta.

3a. fase: (8:00hs.) Coloquei para assar 20 minutos a 240o.C e mais 20 a 200oC. Ficou bem gostoso. O pequeno filão ficou meio abaixado mas mesmo assim macio. O sal está no ponto.

Ainda sobre o “Levain” feito de abacaxi

A experiência com o novo levain ainda não acabou. Fiz o fermento com farinha integral e depois resolvi manter 2 fermentos sendo 1 com farinha integral e outro com farinha comum. Não sei porque mas o fermento com farinha comum não sobrevive. Resolvi agora fazer um novo a partir do zero com farinha branca.

O fermento com farinha integral está bom e foi unânime a opinião de que o pão feito com este novo levain (de abacaxi) é mais leve, mais gostoso e com sabor menos acentuado do que o anterior (de batata).