Santiago é bem legal

Chegamos a Santiago. Cidade bem moderna comn gente bonita. Um pouco timidos e a maioria mais baixos do que estamos acostumados mas muito gentis.

O voo foi bom, tranquilo. A vista da coridlheira é bela especialmente pela agressiva topografia (montes altos e nevados e vales profundos secos). Na chegada teve um pouco de desconforto porque com tudo isso de morro nao dá para nao ter correntes de ventos e aí o aviao balanca um pouco.

Pelos carros na rua parece mais com uma cidade norte americana do que as nossas. Pelas avenidas, túneis e elevados tanto faz. Pelos prédios parece mais com as nossas com um arquitetura mais eclética.

Parece que a indicacao do Sr. Enrique (motorista que faz as vezes de guia) nao vai dar muito certo. É muito caro.

Por outro lado conhecemos a Pilar, que cuida do hotel e foi muito atenciosa. Nos indicou a Senatur (Secretaria Nacional de Turismo) onde conseguimos todas as informacoes que precisamos. Hoje a noite vamos jantar e verificar o material. Eles já indicam 4 circuitos em Santiago, todos a pé e também nos deram material pata visitar o lado sul até a cidade de Pucon. Parece que é o que vamos poder fazer neste 8 dias úteis de viagem.

Uma diária de Peugeot 206 custa U$ 71,00 e o Sr. Enrique queria U$ 80,00 para um passeio de 1/2 dia para uma visita “privada” na Concha e Toro.

É isso por hoje. Amanha dou novas notícias.